INÍCIO BAÚ RETRÔ PAPO RETRÔ BRINQUEDOS CONTATO       

Programas e ídolos infantis que marcaram época

 

A partir do final da década de setenta várias atrações infantis tomaram conta da TV Brasileira, deixando de lado o estilo "novelinha infantil" lançado pelo Sítio do Pica Pau Amarelo as emissoras a principio investiram em crianças, bonecos e palhaços para entreter a garotada.

 

Em 1986, a Rede Globo contrata Xuxa, uma loira descoberta pela Rede Manchete e dá início a uma nova era para programas infantis.

 

Com o sucesso do Xou da Xuxa, outras emissoras resolveram lançar suas estrelas, com exceção da Mara Maravilha, todas eram loiras e eram cantoras de estúdio. Conheça um pouco dos ídolos infantis que marcaram época.

Xuxa

 

Maria da Graça Meneghel mais conhecida por "Xuxa" começou sua carreira como modelo manequim.

 

A extinta Rede Manchete foi a primeira emissora de TV que a loura trabalhou, ela apresentou o Clube da Criança e teve oportunidade de gravar participações especiais nos discos do grupo Trem da Alegria.

 

O sucesso não demorou a chegar e a Rede Globo levou Xuxa para animar as manhãs dos baixinhos.

Mara Maravilha

 

Mara Maravilha começou na TV Itapoan (Bahia) participado de programas locais e mostrando o seu talento como cantora e comunicadora apresentando programas de sucesso como: Clube do Mickey e Parquinho.

 

A nível nacional Mara apresentou o Show Maravilha por quase 10 anos, lançou mais de 15 discos, na Argentina a Baiana conquistou seu próprio programa de Televisão, hoje Mara se dedica a música gospel.

Angélica

 

Angélica foi mais uma descoberta da Rede Manchete, uma tentativa de criar mais uma "Xuxa", ela é mais uma das várias loiras que invadiram nossa TV na década de 80.

Além de apresentadora infantil Angélica também gravou vários discos, seu maior sucesso foi a música "Vou de Taxi".

 

A apresentadora passou pelo SBT na década de 90 e logo depois foi contratada pela Rede Globo.

Sérgio Mallandro

 

Com muita irreverência Serginho Mallandro deixou o júri do Programa Show de Calouros e passou a apresentar o programa Oradokapeta nas manhas do SBT.

 

Com o grande sucesso foi contratado pela TV Globo onde substituiu Xuxa em suas férias e ganhou um programa próprio na emissora Global.

 

Anos depois retornou para emissora de Silvio Santos mas logo saiu do ar devido a baixa audiência.

Mariane

 

Mariane entrou no SBT em 1989 com a missão de substituir Simony no programa Do-Ré-Mi-Fa-Sol-Lá-Si.

 

Em Maio de 1990  a atração se transformou no programa "Mariane" criado especialmente para apresentadora. Ficou no ar até 07 de Setembro de 1991, quando foi demitida da emissora, no dia do seu aniversário, por cortar o cabelo sem autorização.

 

Em fevereiro de 1994, assina contrato com a CNT, em 95 se muda para a Rede Record, onde ficou no ar até até primeiro de março de 1996.

 

Hoje Mariane se dedica a música e locuções.

Fofão

 

Fofão é um personagem criado por Orival Pessine e surgiu junto com a Turma do Balão Mágico, com o fim do programa na TV Globo o personagem já muito famoso foi convidado para apresentar um programa próprio na TV Bandeirantes chamado TV Fofão.

 

O Tv Fofão ficou no ar entre os anos de 1986 a 1989. a atração tinha desenhos animados, musicais e quadros cômicos. Em 1989 Fofão fez sua estréia nos cinemas com o filme Fofão e a Nave Sem Rumo.

 

O programa TV Fofão voltou a TV Bandeirantes nos anos de 1994 e 1995, chegando a ser exibido em 1996 pela Rede CNT / Gazeta.

Bozo

 

Bozo foi um dos programas de maior sucesso em todo o mundo, importado dos Estados Unidos, Silvio Santos trouxe para o Brasil o palhaço como principal atração infantil da antiga TVS (TV Studios) hoje SBT.

 

Bozo cantava, dançava, fazia palhaçadas  e brincadeiras, com a ajuda de uma turma da pesada: Papai Papudo (Gibe), Vovó Mafalda (Valentino Guzzo), Kuki (Roni Cócegas) e Salci Fufu (Pedro de Lara).

O primeiro ator a representar Bozo no Brasil foi Wandeko Pipoca em 1980.

 

 De 1982 a 1984 Luis Ricardo e Arlindo Barreto vestiram a roupa do palhaço.

 

Nos anos de 1985 a 1991 a Décio Roberto e Luis Ricardo e  revezaram a interpretação do Bozo.

Paula Saldanha

 

O Globinho estreou em 1972 com de telejornal. Noticiava fatos e assuntos do universo adulto utilizando uma linguagem mais acessível a crianças e adolescentes, estimulando seu envolvimento com as artes e  atividades educativas em geral.

 

O programa passou por várias mudanças até a entrada da Jornalista Paula Saldanha em 1977.

 

A partir de 1978, Globinho abriu espaço para a apresentação de desenhos e animações como: A família Barbapapa, Mio e Mao, Vermelho e Azul, A linha, Areia, Dragetto, Dr. Sinuca, Petratel, Toupeirinha e O patinho Quá-Quá.

Turma do Balão Mágico

 

Simony, Mike e Tobe e Jairzinho eram os apresentadores do programa Balão Mágico na década de 80, diariamente a turma do balão animava as manhãs da garotada com muitos desenhos e histórias engraçadas, o programa ainda contou com a participação dos personagens Fofão e Cascatinha.

 

O programa saiu do ar para dar lugar ao Xou da Xuxa, após o fim da atração o grupo continuou com a carreira musical, mas acabou se separando.

 

Simony continuou como apresentadora na Rede Manchete e depois teve uma rápida passagem pela TVS/SBT.

Daniel Azulay

 

Daniel Azulay é um desenhista, músico e arte-educador brasileiro, criador da Turma do Lambe-Lambe.

 

 Ídolo de uma geração, trabalhou na televisão nas décadas de 1970, 1980 e 1990. Foi um dos criadores da vinheta de abertura do Jornal Nacional de 1972-74.

 

No final dos anos 70 apresentou um dos quadros do programa infantil Pirlimpimpim, que era transmitido pelas emissoras educativas. Ele também fazia o quadro Mãos Mágicas.

 

Em 1981 Daniel Azulay e a Turma do Lambe-Lambe se transferiram para a TV Bandeirantes, onde apresentou o programa TV Criança.

Turma da Fofura

 

A criançada da década de 80 não reclamava na hora de ir para cama, a Turma da Fofura colocava os baixinhos para dormir através da TV Bandeirantes em horário nobre dando "Boa Noite Amiguinhos".

 

O programa estreou em 1985 e foi criado por Ely Barbosa.

Após o sucesso da série os personagens foram aproveitados no programa "Fofura na TV", que contava com a participação de: Nené, a coelhinha Fofura, Libório, o coelho Escovão e o cão Lambão.

 

A atração tinha um cunho didático e educava a garotada divertindo.

TV Tutty Frutti

 

A TV Tutti Frutti foi ao ar pela TV Bandeirantes na década de 80, o elenco do programa era formado por vegetais falantes que aprontavam as maiores confusões.

 

Os personagens principais da série eram: Melâncio, o João Banana, Chiquita Banana, Ananias, Milhofone, o prefeito Gerimum, os Moranguinhos.

 

A Turma da TV Tutti Frutti  foi criada por Elly Barbosa (irmão do novelista Benedito Ruy Barbosa), a atração chegou a ganhar o prêmio da APCA (Associação Paulista dos Críticos de Arte) em 1983 como melhor programa infantil do ano.

ZYB Bom

 

O programa ZYB Bom foi exibido pela Tv Bandeirantes entre 1987 e 1989.

 

Era apresentado por um sexteto de crianças e adolescentes: Aretha, Rafael Vanucci, Rodrigo Faro, Jefferson, Juliana e Samantha Monteiro. O programa era exibido diariamente ás 16 hs.

 

 Em 1987, o grupo gravou o primeiro LP, intitulado ZYB Bom que incluía a música de abertura do programa, no ano seguinte emplacaram mais um disco "ZYB Bom Caçadores de Aventuras".

 

Além dos clipes e aventuras estreladas pelos apresentadores, a criançada podia se divertir com muitos desenhos, a atração saiu do ar em 1989.

Lupu Limpim Clapa Topo

 

Logo que a apresentadora Xuxa saiu da Rede Manchete, a emissora buscou alternativas para substituir a loira, então, aproveitando  sucesso que o casal de atores Lucinha Lins e Cláudio Tovar estavam fazendo com seus espetáculos infantis na época, convidou a dupla para estrelar uma atração com um novo formato.

 

Estreava 1986 o "Lupu Limpim Clapa Topo", um infantil totalmente diferente do até então Clube da Criança apresentado por Xuxa.

 

O programa misturava, teatro, música e muitos desenhos, sempre contando com o talento de Lucinha e Cláudio, cantando, dançando e apresentando as atrações.

 

Todas as crianças da época aprenderam a falar a língua do "P", aliás, o título do programa já trazia essa brincadeira Lupu Limpim Clapa Topo".

 

O tema de abertura era “Caixa de Brinquedos”, espetáculo teatral no qual foi baseada a idéia do programa.

DR. Cacareco & Cia

 

Renato De Simone, criador de bonecos e fantoches, teve seu currículo enriquecido nos Estados Unidos, onde esteve com Jim Henson e Frank Oz , responsáveis pelo The Muppet Show.

Em 1983, junto com sua esposa Suely Moraes, participou do programa Tarde Maior na Rede Record, com o Palhaço Tic Tac, após a participação se tornou diretor da atração, animado com o sucesso, Renato criou seu mais famoso personagem, o Dr. Cacareco.

 

Em 1987, ganhou seu próprio programa, o Dr. Cacareco e & Cia na Tv Record, com a participação dos bonecos: Quebra Galho, Seu Lelé, Pelota e Modinha.

O cenário era uma casa cheia de passagens secretas que dava no laboratório do Dr. Cacareco. Um dos quadros do programa mais lembrados até hoje, é emissora de Rádio que era comandada por bonecos. O chefe da rádio sempre buscava novas atrações, mas quem geralmente aparecia era a dupla sertaneja “Lari e Larai” com suas paródias.

O programa ficou apenas ano no ar.

A Turma do Arrepio

 

Após a saída da apresentadora Angélica da Rede Manchete, a TV de Adolf Bloch mais uma vez decidiu arriscar e investir em novos formatos de programação infantil, então colocou no ar a Turma do Arrepio, adaptado para Televisão a partir dos personagens criados por Sandoval, que já faziam bastante sucesso nas revistas em quadrinhos.

 

A estréia aconteceu no ano de 1995, as tardes da Manchete ficaram mais animadas com a presença de uma turma de monstrinhos simpáticos que viviam grandes aventuras, cheias de mistérios e trapalhadas.

 

Personagens principais da série eram:

 

Medeia: A bruxinha;

 

Tuty: A múmia;

 

Draki: O vampiro;

 

Lubi: O lobisomem;

 

Belfredo: O morcego;

 

Epitáfio: O zumbi.

 

Outros artistas em breve estarão fazendo parte do nosso Infância Brasil, mande sua sugestão

© Sessão Retrô direitos reservados.